segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Back to Basics

Apesar de não ter anunciado, o blog esteve "fechado" uns dias para descanso do pessoal. Uns dias de bastante calor, o que foi bom para quem gozava os seus últimos dias de férias, o que não foi o meu caso.
As minhas férias deste ano resumiram-se a uns 15 dias depois do fim da escola e dos treinos, em Julho. Desde então, estive envolvido na colónia que fiz na A-da-Beja e na Kidzania, adicionando os treinos que desde 10 de Agosto só têm dado folga aos domingos. Mas não o digo com tristeza de não gozar mais tempo de férias, antes pelo contrário. Quem me conhece bem, sabe que gosto mais de estar ocupado do que não fazer nada e também já o disse aqui, rentabilizar o tempo disponível é das coisas melhores que nos fazem sentir mais importantes. Ao fim disto tudo, só tenho a lamentar mais uma vez não ter conseguido estar de férias com o resto da família naquele belo pedaço de terra - Gosendinho -, e de não ter tido férias com a Diana.
Regresso às aulas marcado para o próximo dia 21 de Setembro, embora os primeiros dias nunca sejam muito "a sério" por causa das praxes. Este ano, com tudo a correr de acordo com o previsto, vai ser o último ano em que vou participar nas praxes da minha faculdade. E, apesar de não ser uma escola com grande tradição académica, a primeira semana de praxes entra sempre nos melhores momentos do álbum de recordações dos novos (e antigos) alunos.
No futebol, as coisas podiam estar a correr um bocado melhor mas não desanimo. Estou a enfrentar um futebol mais adulto, mais experiente e mais duro. Estou a voltar a jogar a defesa-esquerdo, numa posição que não me é desconhecida mas onde já não jogava à muito, muito tempo. Talvez por isso tenha vindo a sentir um pouco de falta de confiança nas minhas capacidades e os jogos de treino nao me estejam a correr de feição. Mas nos últimos dias as coisas têm-se invertido um pouco, estou mais confiante e procuro fazer as coisas dentro de campo com mais calma acreditando por isso que esta é apenas uma fase de adaptação, seguindo-se agora a fase de afirmação na equipa.