quarta-feira, 24 de junho de 2009

Era bom não era?

Ontem surgiu (mais uma vez) o rumor de que Saviola poderá vir para o Benfica na próxima época. Era com bons olhos que eu via essa tansferência, gastar rios de dinheiro não é uma boa política mas a acontecer, ao menos que seja em jogadores que não precisem de justificar em cada jogo, aquilo que custaram aos cofres do clube.
A primeira coisa a ser feita já está feita: mandar embora o Quique "Féher" Flores foi uma boa decisão. Os benfiquistas demonstraram uma grande empatia para com o treinador, mas só quando este não perdia. Ao mínimo deslize da equipa e de Quique Flores no próximo campeonato, principalmente se esse acontecesse a jogar em casa, seria deitar ao lixo mais uma pré-época que não teria funcionado bem, novas contratações que chegaram tarde, etc.
O que é certo é que se o FC Porto raramente falha dentro de campo, fora dele também não é para brincadeiras. A poucas semanas de começar os trabalhos da nova época, tem já confirmados 7 novos jogadores dos quais apenas 2 não são portugueses. E dos que são portugueses, têm boas condições para jogar num futuro próximo na selecção nacional. Enquanto isso, o Sporting e o Benfica procuram encontrar sul-americanos, espanhóis e, como costume, brasileiros. Principalmente o Benfica, que dos 3 reforços já assegurados, dois são brasileiros.
Depois admiram-se que apareçam a uns propostas de 15 milhões de euros por um jogador que custou apenas 7oo mil euros e a outros não... e dá-se ao luxo de ir buscar ao "arquivo" jogadores que os rivais não souberam/não quiseram aproveitar, como é hoje falado do Bergessio ou do Luís Garcia.